[Resenha] A Sétima Cela, por Kerry Drewery

Vocês estão preparados para um livro que vai tirar o seu fôlego?

Sabe quando você pega o livro, começa a ler e não quer mais parar? Assim foi com A Sétima Cela, da Kerry Drewery. Vocês vão entender o que estou falando …. Vamos conferir?

Image and video hosting by TinyPic

¤ SINOPSE ¤
Martha Heneydew é a primeira adolescente a ser presa e condenada no novo sistema de justiça da Inglaterra. A polícia a encontrou ao lado do corpo de Jackson Paige, filantropo, milionário e uma das celebridades mais queridas do país. Nesse novo sistema de justiça, o condenado tem sete dias ¿ cada dia em uma cela diferente ¿ para ter seu destino determinado pelos votos dos telespectadores. Se a audiência do programa de TV Morte é Justiça decidir pela inocência do preso, ele será solto. Caso contrário, será morto na cadeira elétrica. Porém, algumas peças não se encaixam na história que Martha conta para a justiça. Ela se declara culpada, mas há algo por trás da cena do crime que os telespectadores ainda não sabem. Com a ajuda da consultora psicológica, Eve Stanton, de um juiz do antigo sistema jurídico, Cícero, e do seu grande amor, os sete dias que precedem sua execução serão de muita intensidade, sofrimento, descobertas inesperadas e reviravoltas de perder o fôlego. Quem é, de verdade, Jackson Paige? Martha Heneydew é realmente culpada? Será que esse sistema jurídico é justo? Nesta distopia eletrizante, todas essas questões nos fazem refletir sobre o poder do dinheiro que, muitas vezes, prevalece sobre a justiça. E Martha, uma adolescente forte e destemida, mostra sua crença em uma sociedade verdadeiramente justa, na força da amizade e do amor. Mesmo que isso possa significar sua própria vida.

¤ RESENHA ¤
              A trama inicia quando Martha Heneydew – uma menina de dezesseis anos, forte, decidida e muito convicta dos seus ideais – é encontrada ao lado do corpo Jackson Paige – filantrópico e uma personalidade muito influente no país- com uma arma na mão. Logo de cara a menina se entrega confessando o crime, mas a justiça local é um tanto quanto excêntrica. O país é dividido em Avenidas, onde os ricos vivem e Arranha-Céus, onde os pobres e excluídos vivem. Como o país é dividido em apenas duas classes, não há julgamentos ou juízes. Quem comete crimes e se entregam são colocadas em sete celas durante uma semana, e todo esse processo é acompanhado pelo público através do “Morte é justiça”, um programa que decide o destino dos acusados.

           Desde a sua entrada na Cela 1, Martha e seus amigos acabam escondendo o verdadeiro segredo sobre a morte de Jackson. E, por mais das controvérsias e nas falhas dos seus depoimentos, o sistema não se interessa por investigar mais e apenas a coloca neste “reality show da morte” sem pensar duas vezes. E, todo o segredo vai sendo desvendado ao longo das sete celas com revelações muito importantes para a história.

“ A verdade é uma coisa estranha, e nem sempre o melhor é sabe-la ou dizê-la.”

           Muitos acreditam que Martha se entregou porque estava cansada de viver na “mesmice” do Arranha-Céu, e por perder a mãe, morta em um atropelamento o qual o culpado não foi encontrado e o inocente acabou morrendo. Segredos sobre o próprio Jackson e Isaac, seu filho, acabam se encaixando e fazendo com que a história tome um rumo completamente inesperado. Além de Isaac, são apresentados para nós, a psicóloga Eve, Gus, a Senhora B, entre outros. Com certeza a autora poderia ter explorado um pouco mais estes personagens, mas mesmo assim não atrapalha a leitura e de como ela se desenvolve.

           Cada cela é um acontecimento e você fica cada vez mais empolgado em ler e querer saber o que vai acontecer depois. Este livro é o primeiro de um trilogia que já está prometendo MUITA coisa boa por aí. A editora Astral Cultural simplesmente arrebentou com todo o projeto gráfico, desde a fonte até os “capítulos” das celas. Com certeza este livro é daqueles que eu vou esperar ansiosamente, comprar na pré estreia. Se você tiver parceria com a editora, e eles te mandarem um kit do livro, NÃO ABRA O ENVELOPE PRETO! O spoiler é gigante, mas graças a Deus eu consegui esquecer por algumas horas e me focar apenas na leitura, mas se você tem problemas com spoiler, não abra mesmo!   

Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥

Compre o livro:
AMAZON ¤ SARAIVA

Anúncios

Um comentário sobre “[Resenha] A Sétima Cela, por Kerry Drewery

  1. Eu adoooorei esse livro! Achei a premissa dele tão diferente e tão atual. Um ponto pra gente pensar em vários pré julgamentos, sem provas, que fazemos. E to aqui morrendo, esperando o segundo!
    Quando ao kit, acho que meu coração sentiu, só abri quando acabei o livro haha

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s