[Resenha] A Rosa Branca, por Amy Ewing

a2brosa2bbranca

Título: A Rosa Branca

Autora: Amy Ewing

Série: A Cidade Solitária

Editora: Leya, 2016.

316 páginas

 

Olá, pessoas!!

Venho apresentar a vocês o segundo livro da série A Cidade Solitária. Não li o primeiro livro da série, porém isso não dificultou a leitura do segundo porque a autora, ao longo da história nos dá algumas lembranças do que já ocorreu.

Além disso, li algumas resenhas sobre A Joia que me ajudaram bastante. Então, vamos à história!!

*Sinopse*

“No livro I da série A Cidade Solitária, A Joia, Violet Lasting é comprada por uma das mulheres mais poderosas da realeza, a Duquesa do Lago, e vai viver com ela na Joia, o círculo onde mora toda a nobreza. A Cidade Solitária é dividida em cinco círculos: Joia, Banco, Fumaça, Fazenda e Pântano. Violet nasceu no Pântano e foi escolhida como substituta, nome dado às garotas que têm um poder especial: os Presságios, que lhes possibilitam gerar os bebês das mulheres da realeza. Assim, Violet tornou-se a substituta da Duquesa. No entanto, a jovem logo descobre que a vida na Joia é difícil para quem não faz parte da realeza.

Agora, no livro II, Violet terá um grande desafio. Precisará fugir do círculo nobre da cidade Solitária para salvar a própria vida e a do seu amado, Ash. O casal contará com ajudas preciosas na busca por um refúgio na Rosa Branca, uma casa na Fazenda, onde terão proteção e paz, libertando-se da vida de servidão que levavam. Porém, eles vão descobrir que uma grande revolução está sendo planejada contra a realeza, algo que afetará a vida de todos na Cidade Solitária.

A Rosa Branca traz novas e incríveis reviravoltas e será impossível não ficar ansioso pelo último livro da trilogia.”


*Resenha*
Violet Lasting está trancada em seu quarto no Palácio do Lago onde a Duquesa a mantém presa porque a encontrou na cama com Ash, o acompanhante de sua sobrinha Carnelian. O que é considerado traição e Ash consequentemente será morto em breve. A Duquesa o prendeu em uma cela nas masmorras do Palácio. Violet só não é morta porque é muito preciosa para a Duquesa já que é sua substituta e, portanto gerará sua filha. Isso não impede que a Duquesa bata em Violet ou a faça sofrer de outras formas.

O que Violet não esperava era um resgate feito pelo próprio filho da Duquesa, Garnet, que a ajuda a sair do quarto e está prestes a fugir com ela do Palácio. Garnet está trabalhando junto com Lucien, dama de companhia da realeza, para tirar Violet das mãos da Duquesa.Confesso pra vocês que demorei um pouquinho para entender que homens exerciam a função de damas de companhia na Joia. Mas Violet não deixará Ash nas masmorras para morrer a qualquer momento e pede para Garnet ajudá-la a libertar Ash.  Outra surpresa aparece na história. Carnelian surge nas masmorras e liberta Ash. Como seu acompanhante ela encontrou nele um amigo e não gostaria que ele fosse morto e se dependesse dela ele poderia ser bem mais que um amigo. Pena que o coração dele já tem dona.

“-O que você está fazendo aqui? – pergunto, enquanto Garnet segura o braço de Raven e a puxa para fora do esgoto.

– Vou levar vocês para a casa segura. – Garnet está vestido com uniforme de Guarda. Deve ter conseguido um paletó novo. Saio do buraco, e Ash sai logo atrás de mim.”

Garnet, Violet e Ash continuam sua fuga pela Joia. E não será nada fácil passar da Joia para o Banco, o próximo círculo da Cidade Solitária. Violet terá que usar os Presságios, seus poderes de substituta para fazer essa passagem. Pra alívio e sorte de Violet, ela encontra sua melhor amiga Raven no lugar onde ficam os corpos de substitutas mortas. Raven estava sob a “proteção” da Duquesa da Pedra como sua substituta, porém sofria maus tratos e Violet sabia disso. Por isso, ela mandou para Raven um líquido que Lucien havia dado para a própria Violet usar caso precisasse se fingir de morta para sobreviver. Percebemos que Raven precisava muito mais do líquido do que a Violet. Então, juntas conseguem usar seus Presságios para ir ao Banco com Ash.

“- Não estou mais no palácio. É meu melhor momento em muito tempo. – Ela pisca. – Já agradeci?

– Por quê?

– Por salvar minha vida.”

Um dos problemas que eles terão pela frente é que Ash está sendo procurado por toda Cidade Solitária depois que a Duquesa do Lago percebeu a sua fuga. Descobrimos um pouco mais sobre o passado de Ash que não é nada agradável. A jornada deles fica mais “fácil” com a ajuda de Garnet e outras pessoas como antigos amigos e como alguns integrantes da Sociedade da Chave Negra, que vocês vão descobrir um pouquinho mais sobre ela lendo o livro, claro kkkkk.

“- Meu nome é Violet. Veio para nos ajudar?

– Sim, é claro, pode me chamar de Ladrão. – o menino sorri, exibindo os dentes. – O Chave Negra diz que apelidos são mais seguros. Meu nome verdadeiro é bobo, mesmo, não faz diferença. Vai mesmo ajudar a derrubar a realeza? O Chave Negra falou que você tem algum poder. Posso ver?”

Ao conseguirem chegar finalmente a Fazenda onde Lucien espera por eles, Ash, Violet e Raven descobrem que existe mesmo um lugar chamado A Rosa Branca onde poderão ficar seguros e também onde uma revolta está sendo construída para acabar com a servidão imposta às pessoas pela Joia.

E como toda boa série de distopia e fantasia, quando você acha que tudo dará certo, acontece algo que deixa a história mais complicada ainda. E pior, a autora joga a bomba e termina o livro. Como assim??? Aí tu acaba de ler o livro e a continuação dele ainda não foi publicada!!!!

Editora Leya, por favor, não nos deixe sofrer tanto!!! O terceiro livro chamado The Black Key (A Chave Negra, tradução livre)foi lançado no exterior em outubro do ano passado então esperamos que no máximo no segundo semestre desse ano ele esteja em nossas mãos.

Pra quem curte distopia e fantasia, super indico essa série. E pra quem ainda não curte, também recomendo pra começar a entrar neste universo. Um dos pontos fortes desse livro é que os capítulos são bem curtos e ajuda no enredo da história que tem bastante ação e aventura.

Uma boa leitura pra vocês!

Bibliobeijos!!

Postado por: Bella

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s