[Resenha] Casada Até Quarta, por Catherine Bybee

Olá, leitores lindxs!!
Venho hoje apresentar a resenha de um lançamento do mês passado da Verus editora: o primeiro livro da série Noivas da semana, Casada até quarta. Ganhei esse livro de uma amiga de clube do livro e amei!! Considerei o livro um clichê, mas que pode te surpreender quando você menos espera.

WP_20170711_001 (2)

Título: Casada até quarta-feira
Autor: Catherine Bybee
Editora: Verus, 2017
Série: Noivas da Semana, 1
196 páginas

*Sinopse*

“O contrato de casamento deles previa tudo… menos se apaixonar. O primeiro livro da série Noivas da Semana

Blake Harrison: rico, nobre, charmoso… e precisando de uma esposa até quarta-feira. Para isso, Blake recorre a Sam Elliot, que não é o homem de negócios que ele esperava. Em vez disso, ele encontra Samantha Elliot, linda e exuberante, com a voz mais sexy que ele já ouviu.

Samantha Elliot: dona da agência de casamentos Alliance, ela não está no menu de pretendentes… até Blake lhe oferecer milhões de dólares por um contrato de um ano. Não há nada de indecente na proposta dele, e além disso o dinheiro vai ser muito útil para quitar as contas médicas da família dela. Samantha só precisa disfarçar a atração que sente por seu novo marido e evitar a todo custo a cama dele. 

Mas os beijos ardentes de Blake e seu charme inegável se provam muito difíceis de resistir. Era um contrato de casamento que previa tudo… menos se apaixonar. Agora só resta a Samantha proteger seu coração até que o contrato chegue ao fim.”

Resenha

O próprio título do livro já nos apresenta uma ideia da história. Quem nunca leu um romance assim? A pessoa PRECISA se casar por causa da família ou trabalho ou por dinheiro mesmo. Neste livro, Catherine Bybee nos mostra a história nem tão romântica de Samantha Elliot e Blake Harrison.

Sam é dona da Alliance, uma empresa que oferecia o serviço de acompanhantes. Tendo em vista que Blake precisa de uma noiva urgentemente, ele marca uma entrevista com Sam, imaginando que Sam seria um homem. Olha o machismo querendo reinar aí. Kkkkk. Depois que os dois se encontram para conversar, Blake explica sua situação: precisa se casar antes de completar 36 anos de acordo com o testamento de seu falecido pai, que nada mais nada menos era um duque. Para que a herança não vá para seu primo, ele deve realizar o que está escrito no testamento. Então faltando pouco tempo para completar a idade requerida, Blake se encontra desesperado por um acordo que beneficie tanto ele quanto sua futura esposa por um ano.

Sam, uma mulher de negócios, prepara então três perfis de mulheres para que Blake possa escolher entre elas sua noiva. O que nenhum dos dois esperava é que surgisse uma atração sexual entre eles. Logo, Blake pensa em propor o acordo para Sam onde ela ganharia 10 bilhões de dólares para se tornar sua esposa durante um ano.

“Droga, ele não deveria desejar sua esposa. Uma esposa por conveniência. Uma esposa que muitas vezes colocava um sorriso em seu rosto e o fazia questionar sua vida de playboy e seus passatempos superficiais.”

Uma proposta quase irresistível para Sam que tinha uma irmã que perdeu algumas funções em uma tentativa de suicídio e estava internada numa clínica de qualidade mas que custava muito dinheiro a Sam.

Para que as leitoras se apaixonassem por Blake ao mesmo tempo em que Sam se apaixonava, Catherine Bybee super apela para o nosso lado sentimental ao fazer com que Blake cuide da irmã de Sam para que ela tenha os melhores serviços possíveis.

Sam não poderia negar por muito tempo a atração que sentia por Blake. Pensando nas vantagens e desvantagens do acordo, Sam resolve aceitar a proposta de Blake visto que o único ponto negativo seria sair da vida dele com o coração partido depois de um ano. Ai, gente!! Nesse momento bate uma compaixão pela Sam. Mas a vida é curta e temos que aproveitar da melhor forma possível.

“- Pronta para se casar? Ela virou a mão para cima e entrelaçou seus dedos nos dele. – Que seja. Eu não tinha nada melhor planejado para hoje. Blake jogou a cabeça para trás e riu.”

Se fosse um romance de época, eles com certeza iriam para Gretna Green para realizarem o casamento, mas como é um casamento moderno, eles vão pra Las Vegas, baby!! kkkk

Sempre torço pelo sucesso das personagens que sempre fazem de tudo pela família e esquecem de viver sua própria vida em função da vida melhor de uma pessoa amada. O altruísmo tem limites, gosto de pensar assim. E Sam é o retrato desse tipo de personagem. Ela sempre foi uma pessoa trabalhadora depois da prisão de seu pai e do suicídio da mãe. Por que julgá-la por querer o melhor pra ela e pra irmã mesmo que tenha que aceitar dinheiro de um estranho? Fica aí uma boa reflexão para os leitores.

Temos a visão tanto de Blake quanto de Samantha ao longo do livro. Isso faz com que a gente consiga acompanhar o desenvolvimento dos dois personagens ao mesmo tempo. Outro fato interessante da história é que Blake tem que se dividir entre os Estados Unidos e a Inglaterra. Ver a Sam tentar se adaptar à vida de duquesa é bem divertido.

O livro tem poucas páginas mas a história tem início, meio e fim bem determinados e um cume antes do final do livro que eu não esperava e fiquei ainda mais emocionada com a história que é bastante envolvente. Fiquei meio órfã dos personagens secundários mas espero que a autora compense nos próximos livros.

Catherine Bybee está de parabéns pelo talento e a Verus também por reconhecer a boa escrita da autora. Que venham os próximos livros da série!!!

Postado por: Bella.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s