[Resenha] Esposa Perfeita, por Karin Slaughter

Os livros da Karin Slaughter sempre foram maravilhosos, e depois de ler “Flores Partidas” e “A Garota dos Olhos Azuis”, a minha expectativa para a leitura de “Esposa Perfeita” estava nas alturas, e fiquei muito feliz que a autora não me decepcionou em momento nenhum da leitura. Nós recebemos um kit MARAVILHOSO da Harper Collins e não podia ser mais especial!

Poder ler mais um livro da Karin que aborda a violência contra a mulher e ver relatado, mesmo que em uma ficção, a realidade de tantas mulheres, é muito importante para a literatura e para os novos leitores.

Vamos conferir essa resenha?

Image and video hosting by TinyPicTítulo Original: The Kept Woman
Autora: Karin Slaughter
Ano: 2017
Editora: Harper Collins
Páginas: 464

 SINOPSE 
Com a descoberta de um corpo de um ex-policial em um canteiro de obras, o detetive Will Trent é chamado para resolver um caso muito perigoso. Ao analisar o cadáver, Sara Linton – nova investigadora forense e amante de Will – nota que parte do sangue do presente na cena do crime é de outra pessoa. Há uma outra vítima: uma mulher, que desapareceu… E que vai morrer se não for encontrada logo. Para piorar, o terreno pertence a um atleta rico, poderosos, com amigos no Congresso e um dos advogados mais inescrupulosos que existem. Um homem que já escapou de acusações de estupro, apesar dos esforços de Will para colocá-lo na cadeia. Mas o pior ainda está por vir. Evidências conectam o passado turbulento de Will com o crime… E as consequências vão despedaçar sua vida, colocando Will em conflito com todos ao seu redor, incluindo seus colegas de trabalho, sua família, seus amigos e, acima de tudo, o suspeito que ele tanta procura: sua ex-mulher.


 RESENHA
Você, leitor, pode se assustar ao ver que Esposa Perfeita é o oitavo livro da série Will Trent e, se você tem toque de que séries tem que ser lidas a partir do primeiro como eu, pode ficar despreocupado. Sempre pensei que ao ler um livro que, por mais que possa ser lido de forma independente, eu sempre perdia algo relacionado a história ou aos personagens, mas pela primeira vez eu não senti isso e posso dizer que foi o livro de série com leitura independente mais completo que eu li.

Continuar lendo

Anúncios