[Especial Bienal RJ] Editora Intrínseca

rge

Olá amantes dos livros

Hoje é dia de falar sobre a Editora Intrínseca, uma das editoras mais esperadas e mais queridas da XVIII Bienal Internacional do Livro do Rio! Além de trazer a escritora Jenny Han, a editora promete expor muitos livros para a alegria dos leitores. Vamos conhecer um pouco mais sobre o que eles vão apresentar para o público?

Image and video hosting by TinyPic

Compre os livros da Intrínseca
AMAZON │ SARAIVA │ AMERICANAS │ SUBMARINO 

Image and video hosting by TinyPic

www.intrinseca.com.br

Anúncios

[Especial Bienal RJ] Escritora V.E Schwab

rge

Olá amantes de fantasia
Essa escritora, com certeza, quem é fã de fantasia é fã dessa mulher! Pra você que não conhece a Victoria Schwab (ou V.E Schwab) , que tal saber um pouco mais sobre a autora e suas obras? 

AUTÓGRAFOS: 10 DE SETEMBRO

Image and video hosting by TinyPic

◘ A ESCRITORA 
V.E Schwab
ou Victoria Schwab é uma escritora americana de 30 anos, conhecida por ser uma das melhores escritoras de fantasia – sendo semifinalista no prêmio do Goodreads Choice de 2013 – , e é autora do best-seller Vicious, vencedor dos prêmios Publishers Weekly Best Book e Amazon Best Book of the Month. 


 SUAS OBRAS

Image and video hosting by TinyPic Continuar lendo

[Especial Bienal] Dica #2: Vista roupas leves e frescas!

rge

Olá leitores
Na sequência de dicas para a XVIII Bienal Internacional do Livro do Rio, nós temos a segunda dica! Se você perdeu a primeira dica, clique AQUI.

A grande parte das pessoas que já foram no evento da Bienal, sabe que o espaço do Riocentro é cerca de 100 mil m² – sendo sua área total de 500 mil m² – que é o equivalente a 15 campos de futebol oficial, o que é MUITO GRANDE. E, para que você possa passar o dia bem e confortável, vamos mostrar algumas roupas que você pode usar para se sentir à vontade.

Continuar lendo

[Especial Bienal] Escritor Carl Hart

rge

Oi leitores amores
Hoje vamos falar um pouco sobre o escritor Carl Hart, especialista na área psiquiátrica, conhecido pelo livro “Um Preço Muito Alto“. Vamos conhecer?

Image and video hosting by TinyPic

 O ESCRITOR
Carl Hart é um professor de psicologia e psiquatria da Universidade de Columbia, ativista e profundo conhecedor de pesquisas sobre vícios em drogas e abusos dos mais variados sofridos pelo ser humano. Ele foi o primeiro professor afro-americano de ciências na universidade que dá aula.


Continuar lendo

[Especial Bienal] Resenha: A Garota no Trem, por Paula Hawkins

rge

Olá leitores
Vocês viram que nossa primeira autora do Especial Bienal foi a Paula Hawkins (Clique AQUI e confira). E, para continuarmos a programação, hoje é dia de RESENHA para vocês, leitores!

Espero que vocês fiquem tão facinados quanto eu!

Image and video hosting by TinyPic SINOPSE 
Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Jason –, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida.
Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. 

 


RESENHA  
Antes de tudo tenho algo a falar: QUE SINOPSE MARAVILHOSA! Eu não vi ninguém na história desse blog – nos nossos quase 3 aninhos – que não ficasse de cara no chão com essa sinopse, e graças a Deus conosco foi assim também.

No livro “A Garota no Trem” nos deparamos com Rachel, uma mulher completamente despedaçada, arrasada e destroçada. Após um caso de traição, o seu mundo desabou, assim como seu emprego, sua saúde e sua casa. O término com Tom mudou completamente a sua vida, fazendo-a se mudar para a casa de uma amiga. E, para fingir que tudo está perfeito, ela continua fazendo seu caminho para o antigo trabalho – pegando o trem de 8h04, voltando às 17h56, por medo de admitir para a amiga o total fracasso da sua vida.

Continuar lendo